top of page
  • Foto do escritorMagda Cruz

Crónica. "O quarto que é um acontecimento"


Conhecem-na da televisão, mas talvez nunca tenham parado para ver os programas.

Eu conheço-a como a jornalista que entrevistou Saramago, porque escreveu “Por Saramago”, mas tem toda uma vida dedicada aos livros. Anabela Mota Ribeiro lança agora “O Quarto do Bebé”, o seu romance de estreia. Foi escrito, em grande parte, “durante o confinamento e a doença”. E a editora brinca com as palavras e diz que o livro foi “concluído após uma longa gestação”.


“O Quarto do Bebé” é um romance autoficcional em forma de diário íntimo. Leio que o livro tem ecos do universo literário da recentemente nobelizada Annie Ernaux, uma das grandes referências da autora. É interessante porque acabo de ler “O Acontecimento” e, depois dessa experiência, fico com um pé atrás para ler o de Anabela. Annie Ernaux está a cimentar-se num lugar alto nas minhas leituras e esse livro sobre o aborto que fez enquanto estudante foi duríssimo e marcou-me muito. Não sabendo se estou pronta para ler “O Quarto do Bebé”, parto para este romance que pretende ser o relato cru e corajoso. A autora quer assim revelar uma nova faceta.



Comments


bottom of page